219 156 060 Linha direta de assistência
Formulário de contacto
Newsletter
WP_02 Romenia Jungheinrich
02/23/2022

Jungheinrich abre fábrica de equipamentos usados na Roménia

Jungheinrich abriu a sua segunda fábrica de recondicionamento de equipamentos usados na Roménia. Com o novo espaço de cerca de 5.000m2, a empresa dá resposta à crescente procura por equipamentos de movimentação de carga recondicionados e criar condições para potenciar um maior crescimento.

• Instalação de recondicionamento de equipamentos usados em Ploiești (Roménia)

• Expansão das capacidades de recondicionamento devido à procura crescente

 • Redução do consumo de recursos e energia através da reutilização de equipamentos usados

A Jungheinrich continua assim a otimizar as suas estruturas e processos no sector dos equipamentos usados e conseguirá aumentar a sua capacidade nesta área em 25% até 2025. Com este investimento, a Jungheinrich dá o exemplo da economia circular na intralogística e permite à indústria utilizar equipamentos industriais recondicionados de forma sustentável.

Em Ploiești serão recondicionados os porta-paletes elétricos EJE e os empilhadores elétricos contrabalançados EFG com destino ao mercado europeu. Todos os restantes equipamentos da marca continuam a ser recondicionados na fábrica de Dresden, na Alemanha.

A Jungheinrich é a primeira empresa industrial a assumir o desafio de recondicionar os equipamentos de movimentação de cargas com qualidade premium, garantindo que a qualidade das suas "JUNGSTARS" é equivalente à dos equipamentos novos.

Tino Alban, Plant Manager do Centro de Equipamentos Recondicionados de Dresden da Jungheinrich AG, comenta que: "A tendência geral para a sustentabilidade reflete-se na procura contínua dos nossos equipamentos usados devidamente recondicionados. São uma boa solução, especialmente para os clientes conscientes do ambiente, pois permite-nos poupar cerca de 80 por cento de CO2 em comparação com a produção de equipamentos novos. Durante a pandemia por Covid19 muitos clientes conscientes dos preços estão a virar-se para as unidades usadas por serem mais baratas, mas também porque têm um bom desempenho, pelo que são ideais para tempos de utilização baixo a médio ou como soluções stand-by. As nossas JUNGSTARS combinam vantagens ecológicas, económicas e técnicas, pelo que oferecem uma diversidade de desempenho única no mercado."

O processo de recondicionamento dos equipamentos usados da Jungheinrich é realizado de acordo com um procedimento normalizado que é o mesmo para todos os modelos, com base em seis etapas. No processo, o objetivo é que os equipamentos usados fiquem tecnicamente e visualmente como novos. O princípio de 5 estrelas da Jungheinrich garante que cada equipamento é recondicionado de acordo com os mais elevados padrões de segurança e sustentabilidade, bem como os mais rigorosos controlos de qualidade. Enquanto os componentes como armações, motores e transmissões são recondicionados, todos os componentes relevantes para a segurança são substituídos por peças sobressalentes originais. Ao recondicionar de forma economizadora tanto ao nível de recursos como de energia, a Jungheinrich prolonga o ciclo de vida dos equipamentos industriais em dois a três períodos de funcionamento, minimizando simultaneamente a utilização de peças novas. Atualmente, é alcançada uma taxa de reutilização de 94 por cento por equipamento.

Todos as delegações de vendas europeias da Jungheinrich entregam para recondicionamento os seus equipamentos, provenientes sobretudo da transferência de contratos de utilização, às fábricas de Dresden e Ploiești. Já para o mercado asiático o recondicionamento dos equipamentos tem lugar em Banguecoque e em Qingpu, na China.


Tem alguma questão?